quarta-feira, 28 de julho de 2010

Na umidade do paraíso


Quero me molhar e teu lambuzar, amor
do meu mel, meu suor, meu lamber.
Quero que me chupe,amor
minhas extremidades e cavidades...
Quero me perder e me achar em seus braços,amor
e que me prenda e me bata,
porque sou menina má
e tenho que saber o meu lugar!
Quero te fazer perder a cabeça, amor
enfiar teu pau na boca,
fazê-lo tocar o meu céu.
Quero te umedecer e que me umedeça,amor
e que tua língua me alcance,
e que toque minha buceta que lateja e implora por ti.
Quero teu corpo,teu cheiro,teu suor...
quero teu pau durinho dentro de mim.
Quero sentir o gozo que me causas,amor
e degustar teu gozo na boca...
QUERO VC SEMPRE E TODA HORA...

P.S.: Se aqui declaro minha constante fome de ti, é porque meu corpo te pertence e sente falta do teu. E ambos se pertencem num precisar intenso e completo.

Evinha ˜

4 comentários:

  1. Deliciosamente quente e excitante!
    BJOS
    Lena

    ResponderExcluir
  2. Obrigada, querida!E obrigada por voltar! Espero que volte sempre e sempre!rsrs

    Beijos!

    Eva.

    ResponderExcluir
  3. Olha aqui o lado poetisa da Minha Musa , maravilhoso, espero ler mais poemas teus, adoreiver mais um lado lindo teu, agora vou cobrar poemas teus aqui no teu cantinho, linda beijos !!!

    ResponderExcluir
  4. Cobre mesmo, e terá! Minhas tentativas de poemas nem se comparam à beleza das suas palavras!!!

    ResponderExcluir